Avião da Malásia é abatido por míssil no espaço aéreo da Ucrânia

Pouco antes de serem divulgadas notícias sobre a queda do avião, os separatistas pró-russos teriam anunciado a derrubada de um avião ucraniano na área onde a tragédia ocorreu

Por O Dia

Ucrânia - Um avião de passageiros da Malaysia Airlines que sobrevoava o espaço aéreo da Ucrânia nesta quinta-feira foi abatido por um míssil terra-ar lançado por separatistas, disse um assessor do Ministério do Interior ucraniano, segundo a agência de notícias Interfax. A aeronave transportava 295 pessoas a bordo.

De acordo com informações, pouco antes de serem divulgadas notícias sobre a queda do avião, os separatistas pró-russos teriam anunciado a derrubada de um avião ucraniano na área onde a tragédia ocorreu. O assessor Anton Gerashchenko afirmou que todos os 280 passageiros e 15 tripulantes morreram.

Destroços em chamas e corpos são encontrados por agentes que trabalham no local do acidenteReuters

O avião da Malaysia Airlines, o Boeing-777, estava voando de Amsterdã (Holanda) para Kuala Lumpur (Malásia). A aeronave foi derrubada quando estava a 10 mil metros na região de Donetsk, no Leste da Ucrânia, cenário de combates entre as forças governamentais e rebeldes pró-Rússia.

Representantes da autoproclamada república popular de Donetsk (Ucrânia) negaram que disponham de armamento para derrubar um avião que voe a 10 mil metros de altura.

Avião da Malaysia Airlines desaparece

Um voo da mesma companhia transportando 227 passageiros e 12 tripulantes desapareceu no dia 8 de março deste ano, em rota de Kuala Lumpur (Malásia) para Pequim (China). O avião da Malaysia Airlines saiu do radar ao Sul do Vietnã, e até o momento não foi encontrado.

Com informações da Reuters e EFE

Últimas de _legado_Mundo e Ciência