Gata sobrevive a atropelamento, tiros de chumbinho e apedrejamento nos EUA

Um animal nas circunstâncias de "Laurel" teria que ser sacrificado, informa veterinária

Por O Dia

Estados Unidos - Uma gata do sudoeste da Flórida, nos Estados Unidos, se transformou na prova viva de que estes animais têm sete vidas, já que a mesma teria sobrevivido milagrosamente a um atropelamento e um apedrejamento, além de ter recebido vários tiros de chumbinho, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

A gata "Laurel", como é chamada, foi encontrada praticamente sem vida na beira de uma estrada do condado de Lee. Agora, após ser recolhida e levada a um centro veterinário, o animal se encontra em plena recuperação, informou o canal local "Wink News". Antes de ser levado ao Special Veterinary Servicies (SVS), onde se encontra no momento, o animal apresentava uma pata quebrada em várias partes, infecção nos ossos e diversos ferimentos de balas de chumbo no corpo, além de todos os tipos de parasitas.

'Laurel' escapou por pouco de ser sacrificadaReprodução Internet

Laura Braun, a veterinária que atendeu à gata, explicou que um animal nas circunstâncias de "Laurel" teria que ser sacrificado. No entanto, como tinha "uma vontade especial de viver", a gata foi preservada e se transformou no "xodó" do hospital.

De acordo com Braun, o animal precisaria de pelo menos mais dois meses de recuperação até se encontrar forte o bastante para passar pela sala de cirurgia, embora seja provável que ainda tenha que amputar uma pata. "Ela (a gata) passou uma vida tão dura e esteve tão necessitada de carinho que agora, finalmente, pode ser que consiga", disse a veterinária ao ressaltar que vários membros de sua equipe se ofereceram para adotar a gata. A organização sem fins lucrativos Animal Refuge Center (ARC) está recolhendo fundos para financiar as despesas da intervenção cirúrgica, que poderia chegar aos US$ 10 mil.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência