Ucrânia diz ter provas de que Rússia é responsável por míssil que abateu avião

Segundo Kiev, russos forneceram armamento para rebeldes

Por O Dia

Ucrânia - Um porta-voz do Conselho de Segurança da Ucrânia disse nesta segunda-feira que o governo ucraniano tem provas de que o míssil que derrubou o avião de passageiros da Malásia na semana passada tem origem na Rússia, apesar das negativas de Moscou.

"Existe evidências de que o míssil que atingiu o avião foi lançado por terroristas, que receberam armas e especialistas da Federação Russa", disse Andriy Lysenko em uma coletiva de imprensa.

Separatista pró-Rússia no local onde avião da Malaysia Airlines foi abatido Reuters

"Para renegar essa tragédia, eles (os russos) estão apresentando uma série de mapas e fotos. Vamos examinar qualquer foto ou outros planos produzidos pelo lado russo", acrescentou.

Avião da Malaysia Airlines saiu do aeroporto de Amsterdã com destino a Kuala-Lumpur, na Malásia, e caiu na região leste da Ucrânia, onde se manifestam conflitos entre separatistas pró-russos e o governo ucraniano. Ao todo, 298 pessoas morreram na tragédia. Restos mortais das vítimas serão levados da Ucrânia nesta segunda-feira. 


Últimas de _legado_Mundo e Ciência