Por bferreira

Rio - Para dar conta das obrigações nas tarefas da casa e no trabalho é preciso um verdadeiro malabarismo. Sentar, levantar, subir escada, agachar e segurar peso são alguns dos movimentos que a rotina impõe a quem acumula funções. Mas será que entre sacolas e vassouras é possível cuidar da forma e beneficiar o corpo? Especialistas dizem que sim.

Segundo a coordenadora do curso de Educação Física do Centro Universitário Celso Lisboa, Ana Cristina Barreto, diretrizes internacionais incluem as tarefas diárias entre atividades que ajudam no gasto de energia e, consequentemente, na prevenção de doenças.

A faxina, o cuidado com os filhos pequenos e as compras, por exemplo, são atividades que requerem muito esforço. Na hora de pegar algum peso — bebês, sacolas ou um balde que estejam em um plano mais baixo —, a professora recomenda flexionar os joelhos e sempre contrair o abdômen.

“Se a pessoa faz os movimentos na postura correta há, sim, ganhos para saúde. Lembre-se: contrair o abdômen durante as tarefas é o primeiro passo.” Ela garante que, com o tempo, isso se torna automático e a musculatura da barriga fica forte, beneficiando a circulação e as funções intestinais, e protegendo a coluna de lesões.

No ambiente de trabalho, cuidar da saúde da coluna também precisa ser prioridade. Na opinião do fisioterapeuta e perito judicial do trabalho Giuliano Martins, as empresas devem oferecer cadeiras com regulagem de altura e rodinhas. “O ideal é que o monitor fique na altura dos olhos e as pessoas coloquem os pés no chão ou num apoio”, explica. Encostar a lombar na cadeira e circular por 5 a 10 minutos a cada hora sentado é importante.

Ao grupo que trabalha em pé, Martins aconselha sentar um pouco a cada três horas. “Quem fica em pé deve evitar se debruçar em bancadas. Rodízio de trabalhadores em diferentes funções ajuda,”opina.

MALHAÇÃO DIÁRIA

LEVANTAR PESO

Ao levantar um balde ou as sacolas de compras do chão, ou mesmo ao pegar o filho e levá-lo ao colo, é imprescindível: manter o abdômen contraído; em vez de dobrar a coluna para a frente, flexionar os joelhos; manter as costas retas e olhar para frente, se possível. Deve-se transferir a força para as pernas, nunca para as costas. Músculos de coxas e glúteos são bem trabalhados.

SUBIR ESCADAS

Excelente atividade aeróbica: gasta calorias e previne doenças cardíacas, já que fortalece o coração. Trabalha músculos das pernas. É importante contrair o abdômen na hora de subir e descer.

EMBALAR O BEBÊ

É preciso manter os cotovelos flexionados e nunca esticar os braços totalmente ao empurrar e trazer para si o carrinho do bebê. O movimento fortalece músculos dos braços e ombros, como o bíceps e o trapézio.

Você pode gostar