Técnica cura dores de coluna

Reeducação Dinâmica Muscular combate problemas como hérnia de disco sem cirurgia

Por O Dia

Rio - Problemas de coluna como hérnia de disco e escoliose costumam levar os pacientes a cirurgias. Porém, um método brasileiro tem resolvido esses e outros males da região lombar apenas ajustando a postura dos pacientes. Criada pelo fisioterapeuta Francisco Pinto, a Reeducação Dinâmica Muscular (RDM) já curou mais de 30 mil pessoas em todo o Brasil e agora está sendo exportado para outros países.

A técnica consiste no uso de pequenos rolos e almofadas de espuma que promovem a ativação de pontos específicos do corpo. A partir deles, o fisioterapeuta consegue eliminar as dores do paciente num prazo de três a 90 dias, de acordo com a gravidade do problema. “Em estudos, identificamos que existem 21 gatilhos no corpo que, pressionados da maneira correta, levam ao desaparecimento das dores”, aponta Francisco.

Porém, o especialista afirma que o segredo da RDM está em outros dois aspectos. Um deles é a avaliação completa do corpo do paciente, que é feita pelo especialista antes de começar o tratamento. “Com a análise, descobrimos as causas da lesão, que podem variar do uso de um tipo de calçado errado a uma postura incorreta ao sentar”, explica Francisco, que ministra cursos sobre o método em universidades italianas.

Outro ponto que acelera a recuperação é o aprendizado, em consultório, de posicionamentos que passam a ser reproduzidos no dia a dia, garantindo a manutenção a longo prazo da saúde da coluna. “A RDM reprograma o corpo da pessoa, que para de cometer erros de postura que acarretam as dores e demais complicações”, diz o fisioterapeuta.

Francisco Pinto faz demonstração da técnica%2C aplicada com rolos e almofadasDivulgação

Ainda de acordo com o especialista, 98% das pessoas tratadas com a técnica não necessitam de cirurgia para alcançar o restabelecimento pleno. Somente casos muito graves exigem intervenções.
“Lesões de coluna vão de grau 1 a 3. No 3, a cirurgia é obrigatória, pois há risco de perda dos movimentos. Fora essas situações, o método pode ser usado sempre”, garante Francisco.

Computador prejudica adolescentes

Sofrer com dores nas costas é algo corriqueiro entre os adultos, mas a incidência de casos em jovens tem crescido nos últimos anos, observa o fisioterapeuta Francisco Pinto. Segundo o especialista, a principal causa dos problemas de coluna entre os adolescentes é o tempo cada vez maior que eles passam diante do computador.

“As longas horas à frente do computador provocam lombalgia devido às posturas incorretas ao sentar. Há ainda as dores no pescoço, pois a posição na frente da máquina passa a ser reproduzida no restante do dia, de maneira inconsciente”, avalia o fisioterapeuta, que já atende a diversos pacientes menores de 18 anos de idade em seu consultório.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência