Por clarissa.sardenberg

Senegal - Primeiro paciente infectado com o vírus ebola registrado no Senegal, um jovem estudante, cidadão da Guiné, se recuperou totalmente da doença, após permanecer hospitalizado por duas semanas em Dacar, informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde senegalês. "Os últimos exames realizados no jovem paciente guineense deram negativo, o que confirma que ele se recuperou totalmente do vírus do ebola", disse o diretor-geral de Saúde Pública do país, Papa Amadou Diack, em entrevista à uma emissora de rádio do Senegal.

O representante do governo garantiu que, com exceção deste caso, em que o estudante veio de Guiné para Senegal, nenhum outro caso foi registrado. "Todos os casos suspeitos acabaram sendo alarmes falsos, pois os resultados foram negativos, após a realização de exames clínicos", explicou Diack.

O anúncio do registro do primeiro caso de ebola no país aconteceu em 29 de agosto, com a divulgação de que o estudante, de 20 anos, estava infectado. O jovem havia chegado ao país três semanas antes, vindo da cidade de Forecariah, onde vários parentes tinham morrido.

Uma semana antes da divulgação da notícia do caso, Senegal fechou as fronteiras terrestres com Guiné, um dos países mais afetados pela epidemia e cancelou todos as rotas aéreas com Libéria, Serra Leoa e Nigéria. O número de infectados pela epidemia de ebola que assola África Ocidental chegou a 4.269, sendo que 2.288 pessoas já morreram, segundo os últimos dados da Organização Mundial da Saúde.

Você pode gostar