'Ainda há cerca de mil soldados russos na Ucrânia', diz Otan

Poroshenko afirmou que tinha informações de que 70% dos militares haviam sido transferidos para o outro lado da fronteira

Por O Dia

Bélgica - A Rússia ainda tem cerca de 1.000 soldados no leste da Ucrânia, disse um militar da Otan nesta quinta-feira, lançando dúvidas sobre relatos de que houve uma redução das forças russas na região.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, afirmou nesta quarta-feira que tinha informações de que 70% dos soldados russos que estavam na Ucrânia haviam sido transferidos para o outro lado da fronteira.

Registro de militares russos em blindados perto da fronteira no leste da UcrâniaReuters

"A redução relatada das tropas russas no leste da Ucrânia seria um bom primeiro passo, mas ainda não temos informação sobre isso. O fato em questão é que ainda existem cerca de 1.000 soldados russos no leste da Ucrânia, com quantidade substancial de equipamentos militares, e cerca de 20.000 soldados na fronteira da Rússia com a Ucrânia", disse um encarregado da área militar na Otan.

A Otan tinha dito na semana passada que, segundo suas estimativas, havia milhares de soldados de combate russos na Ucrânia.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência