Por leonardo.rocha

Canadá - Um juiz canadense condenou um ex-padre católico por 24 das 70 acusações de crimes sexuais envolvendo crianças há mais de 30 anos. O ex-sacerdote Eric Dejaeger já se declarou culpado de oito acusações de agressão sexual quando seu julgamento começou, em dezembro do ano passado.

Em sua decisão proferida nesta sexta-feira, o juiz Robert Kilpatrick escreveu que o caso foi enfraquecido pelo tempo que se passou entre os supostos ataques e o julgamento.

Dejaeger retournou ao Canadá vindo da Bélgica em 2011 por violação de imigração, e não extradição. Um jornalista belga percebeu que Dejaeger havia perdido sua cidadania belga em 1977, quando se tornou canadense naturalizado. Ele vivia na Bélgica desde 1995 sem visto.

Você pode gostar