Por leonardo.rocha

Estrasburgo - Os 28 Estados-membros da União Europeia (UE) prometeram 78 milhões de euros extraordinários para a luta contra o ebola, anunciou nesta quarta-feira a comissária europeia de Ajuda Humanitária, Kristalina Georgieva.

União EuropéiaReuters



Essas contribuições nacionais vão se somar aos 150 milhões desbloqueados pela Comissão Europeia para ajudar a erradicar o vírus nos países africanos mais afetados: Libéria, Serra Leoa, Nigéria e Guiné. Kristalina informou que foi notificada sobre a decisão das autoridades nacionais na segunda-feira em uma reunião de alto nível em Bruxelas.

A comissária explicou que a ONU atualizou seu cálculo sobre a quantia necessária para conter a epidemia para cerca de US$ 1bilhão. Por isso, reivindicou que as instituições europeias "devem fazerainda mais" para contribuir para a erradicação do vírus ebola, pois "uma propagação maior seria ainda mais difícil de conter, além do risco de mutação do vírus, o que pode torná-lo incontrolável na região", advertiu.

Você pode gostar