Por leonardo.rocha

Colômbia - O Exército colombiano desmontou, na zona de Nariño, fronteira com o Equador, um dos maiores centros de fabricação de minas terrestres das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, as Farc. Foram apreendidas mais de 3 toneladas de explosivos, de acordo com fontes militares colombianas.

Ivan Marquez%2C negociador-chefe das Farc%2C com imagem do líder rebelde Jaime Palmera%2C o 'Simón Trinidad'%2C à esq.%2C durante discurso em CubaReprodução


A operação, que ocorreu numa zona rural do município de Ricaurte, também destruiu acampamento com capacidade para abrigar mais de 50 pessoas, mas terminou sem qualquer detenção.

Por meio de um comunicado, o Exército indicou que, devido à quantidade de material apreendido, a operação impedirá a fabricação de mais de 8,5 mil minas.

Além das 3 toneladas de explosivos, foram encontrados engenhos, incluindo centenas de detonadores e granadas de diferentes tipos e mais de 5 mil balas, assim como 400 uniformes de camuflagem.

Você pode gostar