Adolescente obcecado pela série 'Dexter' é preso por matar a namorada

Britânico alegou esquartejar jovem por ter ouvido seu 'alter ego' mandá-lo matar alguém

Por O Dia

Inglaterra - Um adolescente britânico obcecado pela série de ficção que apresenta o serial killer Dexter Morgan foi condenado a 25 anos de prisão após esquartejar a namorada de 17 anos, no que seria uma tentativa de se comparar ao seu herói da TV. O crime ocorreu em Oxted, Surrey, na Inglaterra. A reportagem é do New York Daily News.

Elizabeth Thomas foi esfaqueada pelo namoradoReprodução Internet

Na época, com 16 anos, Steven Miles esfaqueou Elizabeth Thomas na nuca e após isso usou serras para desmembrar seu corpo. Ele praticou o crime em sua casa, no dia 24 de janeiro, de acordo com a mídia britânica.

O rapaz disse à família que foi seu alter ego, Ed, quem pediu que ele matasse alguém. Miles foi diagnosticado com autismo. Ele foi dispensado por psiquiatras em outubro de 2013, que pensavam ter completado seu tratamento. "Ed me fez fazer algo ruim", contou o rapaz à irmã cerca de uma hora após matar a namorada.

Segundo investigadores, o rapaz embalou as partes do corpo da vítimas em plásticos e colocou em sacos de lixo. Ele foi preso na casa onde vivia com a família em Surrey, no mesmo dia, segundo a publicação.

"Nada do que possamos fazer ou dizer pode aliviar a dor sofrida pela família de Elizabeth Thomas por uma morte tão terrível. Deve haver uma sentença para a vida", disse o juiz do caso, Christopher Critchlow.

Segundo a família, Elizabeth era uma adolescente doce, amável e gentil.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência