Dupla confessa assassinato de turistas britânicos na Tailândia

Jovens foram agredidos brutalmente e abandonados em praia

Por O Dia

Tailândia - A polícia da Tailândia anunciou nesta sexta-feira que dois birmaneses confessaram o assassinato de dois jovens britânicos desaparecidos em uma ilha ao sul do país. O mistério foi solucionado através da identeficação do DNA dos suspeitos encontrados nos corpos das vítimas.

Hannah Witheridge%2C de 23 anos%2C e David Miller%2C de 24 anosEFE

David Miller, de 24 anos, e Hannah Witheridge, de 23, foram agredidos com um bastão e uma ferramenta de jardim até a morte. Os instrumento usados para torturar os doi foram encontrados sujos de sangue, no mesmo local que os corpos, na praia de Koh Tao. Um terceiro homem afirma ter deixado o local antes das mortes acontecerem.

Os suspeitos foram detidos e interrrogados pela polícia regional de Surat Thani e enfrentarão acusações de assassinato. Eles foram levados para a ilha de Koh Tao nesta sexta para reconstituição do crime, segundo a polícia.

Assassinato de turistas na Tailândia deixou comunidade britânica em choque Reuters

O telefone celuar de uma das vítimas foi encontrado por policiais na casa de um dos suspeitos na noite desta quinta-feira. 

Em maio, o General Prayut Chan-O-Cha, no poder através de golpe de Estado, chocou a todos ao declarar: "Sempre há problemas de segurança com os turistas. Pensam que nosso país é magnífico e seguro e que podem fazer o que querem, passeando por toda parte de biquíni."

Últimas de _legado_Mundo e Ciência