Por leonardo.rocha

Austrália - Um chef de cozinha australiano matou sua namorada, uma transexual indonésia, cortou seu corpo em pedaços e depois cozinhou algumas partes. O homem de 28 anos se matou depois de cometer o crime. A polícia de Brisbane foi chamada para investigar o forte cheiro que vinha do apartamento de Marcus Volke.

Mayang PrasetyoReprodução Facebook



Os policiais acharam partes do corpo de namorada de Volke em uma panela no fogão, enquanto outras partes do corpo mutilado da mulher foram encontrados em latas de lixo fora do apartamento. Assustado, o suspeito fugiu e tirou a própria vida.

A polícia ainda vai confirmar a identidade de Mayang Prasetyo, uma prostituta transexual da Indonésia. As primeiras investigações indicam que o casal se conheceu quando trabalhava em um navio de cruzeiros.

Você pode gostar