Por tamara.coimbra

Turquia - Pelo menos 24 pessoas morreram afogadas nesta segunda-feira no naufrágio de uma embarcação que levava cerca de 40 refugiados a bordo no Mar Negro, perto do litoral da Turquia e do Bósforo, informou o jornal turco "Hürriyet". Segundo informações concedidas pelas autoridades ao jornal, sete pessoas foram resgatadas com vida e 24 cadáveres foram encontrados, embora a busca continue.

A embarcação transportava refugiados ou imigrantes clandestinos, segundo confirmou a diretoria da vigilância litorânea turca. O acidente aconteceu no Mar Negro, a quatro quilômetros de Rumeli Feneri, a ponta Norte do Bósforo.

Equipes de resgate recuperam o barco que naufragou perto de IstambulReuters

Os pescadores da área avisaram do naufrágio e ajudam nos trabalhos de resgate, assinalou um deles, o capitão Ali Saruhan, ao "Hürriyet". Ele explicou que era uma barca muito pequena que tombou, aparentemente pelos fortes ventos na zona.

"É terrível. O mar está cheio de cadáveres. A maioria são crianças. Temos uma criança afogada em nosso barco; achamos que é africano", contou o capitão.

As autoridades litorâneas enviaram sete embarcações patrulha, um helicóptero e uma equipe de mergulhadores ao local, segundo um comunicado emitido pelo escritório do governador de Istambul, e o trabalho de busca de sobreviventes continua.

A Turquia é ponto de entrada para vários grupos de refugiados que querem chegar a um país da União Europeia, mas habitualmente os imigrantes ilegais partem da costa ocidental para alcançar uma das ilhas gregas no Mar Egeu.

Segundo "Hürriyet", a embarcação provavelmente seguia em direção à Bulgária ou à Romênia, para o que tinha que percorrer pelo menos 80 quilômetros pelo litoral turco.

Você pode gostar