Novo vírus para Apple pode infectar o iPhone e iMac via USB

O malware denominado WireLurker é considerado a 'maior ameaça já vista' para os usuários de iPhone

Por O Dia

EUA - Uma empresa de segurança virtual de Santa Clara, na Califórnia (EUA), informou nesta quinta-feira que encontrou um vírus que infecta Mac OS e iOS. O malware denominado WireLurker é um cavalo de troia que pode se instalar em dispositivos como iMacs, iPhones e iPads pela porta USB e surgiu na China.

Novo vírus para iPhone é comparado ao cavalo de troiaReprodução Internet

Com o bloqueio a serviços e sites estrangeiros, os chineses costumam utilizar lojas de aplicativos que não são oficiais. O vírus está se espalhando há seis meses entre usuários da loja alternativa Maiyadi App Store. De acordo com a empresa de segurança virtual, Palo Alto Networks, 467 aplicativos infectados foram baixados mais de 350 mil vezes e teria afetado mais de 100 mil usuários, até o momento.

Para o vírus se instalar, é preciso baixar algum aplicativo nas lojas alternativas. O malware se instala no computador e depois é transmitido pelo cabo USB ao iPhone. De acordo com os pesquisadores da Palo Alto Networks, o programa é capaz de roubar endereços de e-mail e ler mensagens no iMessage, entre outras ações.

"Ele é a maior ameaça em escala que já vimos", escreveu um dos pesquisadores no blog da empresa de segurança virtual.

A Apple diz está ciente do problema e que bloqueou os aplicativos identificados. “Nós estamos cientes do software malicioso disponível para download em um site focado em usuários chineses, nós bloqueamos os aplicativos identificados para prevenir que eles possam ser inicializados. Como sempre, recomendamos que usuários baixem e instalem somente programas de fontes confiáveis”, afirmou a Apple.