Por tamara.coimbra

EUA - O notório líder da sanguinária seita "Família Manson", Charles Manson, obteve uma licença matrimonial que o permitirá se casar com uma mulher de 26 anos, informou nesta segunda-feira o jornal "Los Angeles Times". Manson, de 80 anos, foi condenado à morte em 1971 por envolvimento no assassinato de nove pessoas, que foram executadas por seus seguidores em Los Angeles, entre elas a atriz Sharon Tate, que tinha 26 anos, estava grávida e era a esposa do cineasta Roman Polanski.

Charles Manson%2C em imagem de 2011%2C fornecida pelo pelo Departamento de Correções da CalifórniaReuters

A pena capital foi comutada para prisão perpétua, depois que os tribunais estaduais aboliram a pena de morte na Califórnia em 1972.

As autoridades do condado de Kings, onde fica a penitenciária estadual de Corcoran, lugar em que Manson cumpre pena, relataram que a solicitação de casamento foi feita no dia 7 de novembro e que o casal tem um prazo de 90 dias para oficializar a união.

A futura esposa do criminoso é Afton Elaine Burton, que o visita periodicamente na prisão desde 2007 e tinha garantido à revista Rolling Stone, em 2013, que se casaria com Manson, o que foi negado por ele na época.

Caso aconteça o casamento, os noivos poderão convidar até 12 convidados, entre eles dois detentos. Manson não tem direito a visitas conjugais noturnas, o que o impediria de ter uma noite de lua de mel.

Você pode gostar