Por victor.duarte

Portugal - O Tribunal Judicial de Braga, em Portugal, condenou a 21 anos de prisão, nesta quinta-feira, um jovem acusado de matar a ex-namorada e esconder o corpo dentro do forno de uma serralheria situada a apenas 800 metros de sua casa.

O assassinato aconteceu em outubro de 2013 em Santa Lucrécia de Algeriz, em Braga, no norte do país. O corpo foi achado três meses depois. Segundo a sentença, o tribunal entende que o crime foi premeditado e que o autor, de 21 anos, planejou o assassinato porque não aceitava o fim do relacionamento e que ela começasse a sair com outra pessoa.

A corte deu a condenação pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver. A defesa informou que irá recorrer da decisão por entender que não existem provas "inequívocas" da culpabilidade do acusado.

Você pode gostar