Atentado terrorista deixa 12 pessoas mortas e 32 feridas em Bagdá

Terroristas de origem sunita atacaram um bairro da capital iraquiana de origem xiita

Por paulo.lima

Bagdá - Pelo menos 12 pessoas morreram e 32 ficaram feridas nesta segunda-feira na explosão de um carro-bomba em uma rua do bairro de maioria xiita Al Shab, no nordeste de Bagdá. No mesmo distrito, um civil morreu e outros oito sofreram ferimentos também hoje na explosão de outra bomba em um micro-ônibus.

Esta área da capital iraquiana está habitada em sua maioria por xiitas, o principal alvo dos ataques dos extremistas sunitas, como o grupo extremista Estado Islâmico (EI). Pelo menos 1.273 pessoas morreram e 2.010 ficaram feridas por atos de terrorismo e violência cometidos durante o último mês de outubro no Iraque.

A supressão do número de falecidos indica que morreram 856 civis e 417 membros das forças armadas iraquianas e das tropas curdas, no meio da luta contra o EI, que controla amplas áreas do norte e centro do país.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência