Por victor.duarte
Portugal - Policiais britânicos que investigam o caso da menina Madeleine McCann, que desapareceu em 2007, chegaram a Portugal para acompanhar o interrogatório de 11 pessoas. É o maior número de testemunhas convocadas pelos investigadores desde 2011.
Madeleine McCann desapareceu em Portugal quando tinha apenas três anosReprodução Internet

Entre eles está o britânico Robert Murat, embora ele não seja suspeito. Murat foi a primeira pessoa a ser questionada quando Madeleine, de 3 anos, desapareceu do resort Praia da Luz, no Algarve, há sete anos. Além de Murat e sua mulher, está previsto que a polícia interrogue outros dois britânicos e sete portugueses

Publicidade
Alguns dos entrevistados são ex-funcionários do Ocean Club, onde os McCann estavam hospedados quando Madeleine desapareceu. A polícia do Reino Unido forneceu mais de 250 perguntas para a polícia portuguesa fazer às 11 testemunhas.
*Com informações do iG