Tropas francesas matam comandante islâmico procurado pelos EUA

EUA ofereciam uma recompensa de R$ 5 milhões por informações que levassem à prisão de Ahmed al Tilemsi

Por O Dia

Mali - Forças francesas que atuam no norte do Mali, na África Ocidental, mataram um comandante veterano do grupo islâmico Al-Mourabitoun que era procurado pelos Estados Unidos, disse o porta-voz do Ministério da Defesa do país, nesta quinta-feira.

Soldados de tropas francesas em ação no território do Mali%2C país localizado na África OcidentalReuters

Os EUA ofereciam uma recompensa de R$ 5 milhões por informações que levassem à prisão de Ahmed al Tilemsi, que participou do sequestro de dois cidadãos franceses no Níger, em 2011, e de três agentes de saúde na Argélia, no final daquele ano.

Al Tilemsi era membro fundador do Movimento por Unidade e Jihad no Oeste da África, que se juntou a combatentes leais ao líder islâmico veterano Mokhtar Belmokhtar para formar o Al-Mourabitoun, em 2013.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência