Corpo de policial assassinado é velado em Nova York

Assassino, que tinha problemas mentais, agiu invocando o nome de Eric Garner e Michael Brown, mortos pela polícia

Por O Dia

EUA - O corpo de um dos dois policiais assassinados no último sábado em Nova York foi velado nesta sexta-feira, um dia antes do enterro ao qual devem comparecer milhares de pessoas. O caixão com o corpo de Rafael Ramos chegou a uma igreja do distrito de Queens coberto com a bandeira do Departamento de Polícia de Nova York e carregado por policiais uniformizados.

Corpo de Rafael Ramos%2C um dos dois policiais assassinados no último sábado (20)%2C é velado em Nova YorkEfe

Ramos foi assassinado junto com o colega Wenjian Liu, de 32 anos, por Ismaaiyl Brinsley, de 28, que se suicidou pouco após cometer o duplo assassinato, no distrito do Brooklyn. Brinsley, que sofria de problemas mentais, agiu invocando o nome de dois negros que foram mortos pela polícia, um deles Eric Garner, em Nova York, em julho, e o outro Michael Brown, em Ferguson (no estado do Missouri), em agosto.

o assassinato dos dois policiais aconteceu em meio a uma onda de manifestações em Nova York e em outros cidades do país pelas mortes de Garner e de Brown, que levaram à tona tensões raciais não vistas nos Estados Unidos em vários anos. O enterro de Ramos deve contar com a presença, entre outras personalidades, do vice-presidente dos EUA, Joe Biden, e do prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

Também estarão presentes milhares de policiais que virão de vários lugares do país, em quantidades que segundo alguns veículos de imprensa gira em torno de 20 mil.

Vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden compareceu ao velório do policialEfe


Últimas de _legado_Mundo e Ciência