Por paulo.lima
Publicado 29/12/2014 13:29 | Atualizado 29/12/2014 16:55

Atenas, Grécia - O serviço de guarda-costeira italiano informou nesta segunda-feira que subiu para sete o número de mortos no incêndio da balsa "Norman Atlantic", ocorrido neste domingo quando a embarcação seguia da Grécia em direção à Itália.

"Encontrados outros dois corpos. O total de mortos subiu para sete", disse no Twitter a Guarda Costeira.

O dispositivo de salvamento coordenado pelas autoridades marítimas da Itália terminou depois do meio-dia de hoje, quando se sabia da morte de cinco pessoas.

A bordo da embarcação só permaneceram depois da retirada dos passageiros o capitão, Argilio Giacomazzi, que a abandonou às 14h50 locais (11h50 de Brasília), e militares, que tentarão determinar as causas do ocorrido.

Teodora Douli, uma passageira grega que era esposa de um dos mortos, foi uma das resgatadas que contou alguns detalhes da situação de angústia que os passageiros e a tripulação da embarcação viveram quando começou o incêndio. "As pessoas não sabiam para onde ir", contou Douli à imprensa italiana.

Centenas de pessoas ficaram presas em balsa em chamas em alto mar na Grécia

O incêndio no navio, que fazia a ligação entre Patras, na Grécia, e Ancona, na Itália, começou no convés destinado aos veículos quando a balsa estava a mais de 80 quilômetros da ilha grega de Corfu.


Balsa pega fogo em alto mar na GréciaReuters


Você pode gostar