Pai vende a filha por R$ 3.500 para pagar dívida de jogo em Mianmar

Khin Khin Oo vivia com a avó e foi negociada pelo seu pai, Soe Khine, por traficantes chineses

Por O Dia

Mianmar - Uma menina de quatro anos foi vendida para traficantes chineses pelo seu próprio pai. Khin Khin Oo foi negociada pelo equivalente a R$ 3.500 para pagar uma dívida feita por Soe Khine, o pai da criança."Eu cultivo milho e arroz, mas meu filho é um viciado em heroína e por isso não temos dinheiro", contou Ma Shan, a avó da criança, em entrevista à BBC. Ela vive em um vilarejo em Mianmar, próximo à fronteira com a China.

A pequena Khin Khin Oo (à esq.) com a sua avó Ma Shan (à dir.)Reprodução / BBC


Ma Shan vive sozinha com os netos, pois além do problema do filho com as drogas, a outra filha fugiu com outro homem e deixou dois filhos pequenos com a avó. "Um dia, Soe Khine voltou para buscar a filha, mas após ela ter ficado longe por quatro dias, eu senti que havia algo errado", contou Ma Shan. Logo, a avó da pequena Khin Khin Oo foi falar com os amigos do filho e descobriu que ele passava por problemas financeiros.

"Ele tinha perdido todo o dinheiro no jogo", disse Ma Shan. Foi então que a polícia chinesa assumiu as investigações e encontraram Soe Khine. Ele confessou que, com a ajuda de uma mulher, havia vendido a filha para um traficante chinês. Seguindo as pistas, a polícia chegou até a cidade de Ruili, na China, onde descobriram que a pequena havia sido trocada novamente, para um casal sem filhos que quria adotar, pelo valor aproximado de R$ 5.300.

Uma semana depois, Khin Khin Oo foi resgatada em uma operação conjunta com a polícia chinesa e voltou para sua avó. "Nem consegui comer enquanto ela estava longe. Estava muito preocupada", contou Ma Shan. Por sorte, a criança havia sido bem tratada pelo casal que queria adotá-la que, aparentemente, não sabia que ela havia sido vítima de tráfico. Temendo pela segurança da neta, Ma Shan decidiu deixá-la aos cuidados da tia, que vive na China.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência