Nasa conclui que 2014 foi o ano mais quente já registrado na história

Foram registradas também temperaturas recordes no Alaska, parte dos Estados Unidos e diversos países da Europa

Por O Dia

Estados Unidos - O ano de 2014 foi o mais quente já registrado na Terra, de acordo com análises separadas da Nasa e da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos apresentados nesta sexta-feira. Com a exceção de 1998, os 10 anos mais quentes registrados no planeta aconteceram a partir de 2000, de acordo com análises da temperatura da superfície.


Desde 1880, quando foi iniciada a medição, a temperatura média da Terra ficou 0,8 grau Celsius mais quente, uma tendência provocada em grande parte pelo aumento das emissões de dióxido de carbono e de outros gases pelas mãos do homem na atmosfera do planeta, segundo a Nasa.

"Enquanto o ranking de anos individuais pode ser afetado por padrões climáticos caóticos, as tendências de longo prazo são atribuíveis a causas da mudança climática que agora são dominadas por emissões humanas de gases do efeito estufa", disse Gavin Schmidt, diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais da Nasa, em Nova York, em comunicado.

Ano de 2014 foi o ano mais quente já registrado, segundo a Nasa e a NoaaDaniel Scelza / Parceiro / O DIA


Todos os dez anos mais quentes da história foram registrados após o ano de 1997, o que, segundo os cientistas, é um reflexo do aquecimento global, que coloca em risco o futuro da vida no planeta. Também foi registrado um recorde de calor no Alaska, grande parte dos Estados Unidos e em diversos países da Europa.

Apesar de 2014 ter sido registrado como o ano mais quente, os pesquisadores ainda esperam observar as variações climáticas em anos de fenômenos como El Niño e La Niña, que causam mudanças significativas na temperatura do planeta. Segundo a Nasa, o recorde de calor no ano de 2014 ocorreu em um ano de El Niño neutro.

Com informações da Reuters

Últimas de _legado_Mundo e Ciência