Por tamara.coimbra

EUA - Uma tragédia aconteceu, nesta segunda-feira, na casa de uma família em Elmo, no Noroeste do Estado do Missouri (EUA). Um menino de 5 anos encontrou uma arma calibre 22 perto da cama e atirou na cabeça do irmão de apenas 9 meses.

A princípio a mãe das crianças ligou para emergência dizendo que o menino havia atirado no bebê com uma arma de paintball. Mas quando a polícia chegou viu que se tratava de um revólver magnum calibre 22. De acordo com a CNN, as autoridades de Missouri estão investigando para saber o que levou a criança a cometer o crime. O xerife do condado de Nodaway afirmou que eles estão tratando do caso como um tiro acidental.

Além disso o xerife relatou que o bebê estava em um cercadinho, quando o irmão de 5 anos encontrou a arma em cima de uma cama. As autoridades informaram que o revólver pertence a um parente, mas não a mãe. De acordo com o xerife, as armas são comuns em comunidade rural.

Autoridades ainda não determinaram como a cobrança será aplicada e se no caso será aplicada em qualquer adulto envolvido.

Criança de 2 anos mata a mãe acidentalmente nos EUA

No final de dezembro do ano passado ocorreu um caso semelhante, em que uma criança de dois anos matou — acidentalmente — a mãe em um supermercado da rede Walmart, em Hayden, cidade de Idaho (EUA). Segundo informações, a criança alcançou a bolsa da mãe, pegou a arma e puxou o gatilho. A mulher de 29 anos fazia compras acompanhada de outras quatro crianças.

Em seguida, a loja foi evacuada e fechada. Investigadores descobriram a dinâmica do acidente com base em depoimentos de testemunhas e imagens do circuito interno de câmeras. A mulher não tinha autorização para portar armas e não era da região.

Você pode gostar