Rebeldes do Iêmen deixam palácio do governo após acordo com o presidente

Segundo o acordo, os rebeldes huthis abandonarão o palácio presidencial e libertarão o chefe de gabinete do presidente

Por O Dia

Iêmen - O presidente do Iêmen, Abdrabuh Mansur Hadi, e os rebeldes xiitas, que tomaram o palácio presidencial, chegaram nesta quarta-feira a acordo para o fim da crise no país, após vários dias de violência na capital. A informação é da agência de notícias Saba.

Segundo o acordo, os rebeldes huthis abandonarão o palácio presidencial e libertarão o chefe de gabinete do presidente, sequestrado sábado. Em troca, o projeto da Constituição, ao qual os huthis se opunham, poderá ser melhorado.

Insurgentes do movimento radical Houti em um caminhão%3B xiitas tomaram o palácio presidencial nesta segunda-feiraReuters


Últimas de _legado_Mundo e Ciência