Por victor.duarte

Inglaterra - A taxa de mortalidade feminina por câncer de pulmão vai superar as mortes por câncer de mama na União Europeia neste ano, aponta estudo publicado nesta terça-feira na revista britânica "Annals of Oncology". Um prognóstico elaborado por pesquisadores das universidades de Milão (Itália) e Lausanne (Suíça) afirma que o índice de mortes por câncer de pulmão será de 14,24 a cada 100 mil mulheres, enquanto o de câncer de mama será de 14,22.

Apesar dos resultados, o professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Milão, Carlos Vecchia, um dos autores do estudo, minimizou as descobertas. "É preciso ser cauteloso com esses números já que são previsões e os resultados de 2015 só serão conhecidos daqui três ou quatro anos", explicou.

Câncer de pulmão pode matar mais do que o de mama entre mulheres europeiasDivulgação

As mulheres britânicas e polonesas apresentam as maiores taxas de mortalidade por câncer de pulmão, já que começaram a fumar durante a Segunda Guerra Mundial. No resto dos países europeus, a prática foi se disseminar apenas depois de 1968, destacou o professor.

O professor da Faculdade de Biologia da Universidade de Lausanne e co-autor da pesquisa, Fabio Levi, afirmou que, embora as mortes por câncer em geral tendam a diminuir na Europa, fumar ainda é a principal causa da doença entre os pacientes do velho continente.

"Fumar provoca entre 15% e 25% dos cânceres de pâncreas, entre 85% e 90% dos de pulmão, e tem uma relação direta no desenvolvimento de outros pulmores", afirmou Levi. Em termos gerais, o estudo prevê um total de 1.359.100 mortes por câncer nos 28 países da União Europeia em 2015: 766.200 homens e 592.900 mulheres.

Os números representam uma redução de 7,5% no índice masculino e 6% no feminino desde 2009. Em relação a 1988, ano com o maior registro de mortes pela doença, os resultados mostram uma queda de 26% e 21%, respectivamente.

Você pode gostar