Por felipe.martins

Bruxelas - A Justiça belga condenou nesta quarta-feira Brian de Mueller, de 21 anos, filho da brasileira Ozana Rodrigues, a cinco anos de prisão por participação no grupo Estado Islâmico, que controla parte do Iraque e da Síria. O jovem, que nasceu na Bélgica, está na Síria desde 2013 combatendo como soldado da facção.
Foram condenadas, além de Mueller, 40 pessoas ligadas ao Estado Islâmico. A maior pena foi imposta a Fuad Belkacem, acusado de ser líder da seção belga do Estado Islâmico, que pegou 12 anos.

ESPERANÇA NA INDONÉSIA

Laudo de médico indicado pelo governo da Indonésia recomendou que o brasileiro Rodrigo Muxfeldt Gularte, 42, fique em hospital psiquiátrico. Condenado à morte, ele pode escapar da sentença se for internado.

Você pode gostar