Polícia da Dinamarca mata suspeito de 22 anos após ataques terroristas

Omar Abdel Hamid El-Hussein nasceu na Dinamarca e é suspeito de ter assassinado duas pessoas em Copenhague

Por O Dia

Dinamarca - A polícia matou neste domingo o Omar Abdel Hamid El-Hussein, de 22 anos, nascido na Dinamarca, depois de ele ter assassinado duas pessoas, uma durante um debate e a outra em uma sinagoga de Copenhague, em dois atentados que podem ter sido inspirados no ocorrido na França, contra o semanário Charlie Hebdo, disseram autoridades.

O chefe do serviço secreto dinamarquês, Jens Madsen, afirmou que o homem já era conhecido e provavelmente agia sozinho. A polícia informou que ele tinha antecedentes de violência e posse de armas.

Dois civis, o segurança de uma sinagoga e um cineasta, foram mortos e outras cinco pessoas ficaram feridas nos dois ataques separados na capital dinamarquesa, no sábado.

Terrorista Omar Abdel Hamid El-Hussein foi responsável por atentadoEfe


Últimas de _legado_Mundo e Ciência