Trabalho que causa desgaste físico pode gerar infertilidade

Profissões como as de operário, pedreiro e cozinheiro são as de maior risco

Por O Dia

Rio - Trabalhos fisicamente desgastantes — como os de operário, pedreiro e cozinheiro —, além de causarem doenças cardíacas e psicológicas, são fatores de risco para a infertilidade masculina. Estudo norte-americano mostrou que 13% dos entrevistados que se esforçavam muito no trabalho tiveram baixa contagem de espermatozoides. Já entre aqueles que não se cansam tanto na rotina profissional a porcentagem foi de 6%.

A pesquisa do U.S. National Institute of Child Health and Human Development analisou 456 homens. Mais da metade deles nunca engravidaram uma mulher. O urologista Marcello Cocuzza afirma que a infertilidade surge após as células que produzem os espermatozoides serem danificadas. O problema, diz ele, ocorre quando há alteração na saúde do paciente. “O homem que tem uma profissão desgastante tende a dormir menos, se alimentar mal e ficar nervoso, o que prejudica a formação dos espermatozoides”, explica o integrante do Departamento de Sexualidade Humana da Sociedade Brasileira de Urologia.

O levantamento mostrou que tomar mais de dois medicamentos por dia também pode provocar a infertilidade nos homens: 15% dos entrevistados que consomem muitos remédios tiveram contagem de espermatozoides abaixo de 39 milhões, sendo que o ideal seria entre 40 milhões e 300 milhões. “Os hipertensos costumam tomar muitos remédios, o que altera a qualidade de vida”, ressalta Marcello.

Para os homens que querem ser pais, o especialista sugere que façam avaliação do potencial reprodutivo, com ajuda médica. “Em certos casos, o ideal é que os pacientes tomem um antioxidante ou vitamina”, sugere.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência