Policial pinta o cabelo de rosa em campanha contra bullying e homofobia

#StopBullyingNow viralizou em menos de duas horas. Para cada 100 retuítes, será outro dia com nova cor na cabeça

Por O Dia

Canadá - Um policial de Toronto, no Canadá, iniciou uma campanha online contra o bullying e a homofobia nesta quarta-feira tingindo o cabelo de rosa. Luke Watson está chamando a atenção nas redes sociais e deixou nas mãos dos internautas a responsabilidade de decidir por quanto tempo ele vai manter o cabelo nessa cor. A #StopBullyingNow (Pare o Bullying Agora) viralizou em menos de duas horas nesta quarta-feira.

Policial tingiu cabelo de rosa em luta contra o bullying e a homofobia Reprodução Twitter

O policial tingiu o cabelo para o Dia Nacional do Rosa, um evento para "contra a homofobia, transfobia, transmisoginia e todas as formas de bullying", segundo site da celebração.

Watson prometeu que para cada mil retuítes de sua foto com seu novo cabelo, ele vai manter o novo estilo por mais uma semana. Para cada 100 retuítes, será outro dia de cabelo rosa.

Segundo o New York Daily News, todos os anos alunos de diversas escolas por todo o Canadá mudam a cor dos cabelos em solidariedade à causa.

Dois adolescentes heterossexuais de Nova Scotia começaram a campanha em apoio a um estudante gay que sofreu bullying quando usava uma camisa rosa. "Juntos nós podemos parar o bullying", diz a mensagem da campanha.

"A polícia de Toronto comparece ao evento há anos", contou um porta-voz da corporação ao jornal. De acordo com os policiais, não há regras na corporação que proíbam o uso de cabelo rosa entre os oficiais.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência