Rede terrorista Al Qaeda anuncia morte de seu 'número dois' em bombardeio

Grupo radical explicou nas redes sociais que Ibrahim al Rubaish morreu durante um ataque aéreo dos Estados Unidos

Por O Dia

Iêmen - A organização terrorista Al Qaeda na Península Arábica (AQPA) anunciou nesta terça-feira a morte de seu "número dois", o saudita Ibrahim al Rubaish, em um bombardeio lançado no Iêmen por um avião não-tripulado dos Estados Unidos.

Rede terrorista Al Qaeda anuncia morte de seu número dois em bombardeioDivulgação

O grupo radical explicou, em comunicado divulgado nas redes sociais, que Rubaish morreu nesta segunda-feira à noite por causa de "um bombardeio rancoroso dos cruzados", em referência aos EUA, e que o ataque causou também a morte de um número indeterminado de extremistas. A nota da organização terrorista, com base no Iêmen, não detalhou o lugar onde aconteceu o bombardeio.

O comunicado acrescentou que Rubaish, que nasceu na região de Al Qasim, no centro da Arábia Saudita, é um "mujahid (guerreiro santo) que passou quase duas décadas de sua vida defendendo a causa de Deus e lutando contra os EUA e seus agentes", em menção aos regimes árabes leais a Washington.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência