Por victor.duarte

Alemanha - Uma manifestante do grupo "Femen" pulou em cima da mesa do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, e jogou papéis em cima dele durante uma coletiva de imprensa em Frankfurt, na Alemanha. A mulher protestava contra as medidas de austeridade.

Ativista pula na mesa do presidente do Banco Central Europeu e causa tumultoReuters

"Fim da ditadura do BCE", gritava a mulher sobre a mesa, enquanto jogava confetes e pedaços de papel em cima de Draghi. Ela vestia uma camiseta com uma mensagem semelhante escrita na parte da frente. Em uma folha de papel que deixou para trás criticando "a instituição ilegítima", a manifestante escreveu: "Uma entrevista coletiva não é suficiente para chamar de democracia. A dívida do BCE ainda não foi paga."

Assustado, Draghi ergueu as mãos à medida que a mulher jogava o confete. A manifestantes foi retirada pelos seguranças. Após a breve interrupção, ele voltou ao microfone para continuar a entrevista coletiva.

*Com informações da Reuters


Você pode gostar