Por victor.duarte

China - Uma guia chinesa teve sua licença revogada após ser flagrada repreendendo turistas por não fazerem compras. Ela foi filmada por uma testemunha e a gravação se tornou viral na internet. A mulher ameaçou cancelar a viagem seguinte do grupo e não se responsabilizar pelo translado de retorno se cada turista não gastasse ao menos 3 mil yuan, o equivalente a cerca de R$ 1,5 mil, em determinadas lojas. Autoridades da região de Yunnan disseram que ela violou leis nacionais de turismo.

Guia turística foi filmada por uma testemunha e demitida após ameaçar turistas em um ônibus na ChinaReprodução

Desde 2013, guias de turismo chineses estão tendo suas licenças canceladas por organizar paradas irregulares para compras. O vídeo de quatro minutos de duração mostra a guia falando em um ônibus cheio de turistas: "Onde está seu senso de consciência e moral. Se todos vocês não gastarem mais de 3 ou 4 mil yuan, nós vamos cancelar a viagem de Xishuangbanna, e a companhia não vai se responsabilizar pelo retorno a Shenyang".

Além de revogar a licença da guia turística, autoridades de Yunnan disseram no domingo que a agência de turismo em que ela trabalhava teve as atividades suspensas. A agência de turismo Kunming Fenghua foi multada em 20 mil yuan, segundo afirmou a Comissão Provincial de Desenvolvimento do Turismo de Yunnan.

Você pode gostar