Por victor.duarte

Vaticano - O papa Francisco disparou nesta sexta-feira contra o doping no esporte e incentivou os atletas a evitar "os jogos sujos" e a não sucumbir a esse tipo de prática que acarreta, em sua opinião, em vitórias "feias e estéreis".

"O tênis é um tipo de esporte muito competitivo, mas a pressão de conseguir resultados significativos não deve nunca nos empurrar a pegar atalhos como o caso do doping", disse durante uma audiência com os membros da Federação italiana de Tênis na Sala Paulo XVI, no Vaticano.

Papa Francisco critica o doping no esporte e incentiva atletas ao jogo limpoReuters

"Que feia e estéril é aquela vitória que se obtém com jogos sujos, violando as normas e enganando os outros". O pontífice disse que os esportistas têm uma missão a cumprir, que é "ser, para todos os que lhes admiram, válidos modelos a ser imitados". Um trabalho que, segundo Francisco, também deve ser desempenhado pelos dirigentes e treinadores esportivos por serem "professores de uma prática esportiva que seja sempre leal e limpa".

O papa, que abordou o tema do esporte em reiteradas ocasiões, explicou nesta sexta-feira que a atividade física consiste em um dos "três pilares fundamentais para crianças e jovens" junto com a educação - na escola ou em casa - e o trabalho. "Quando os três são ligados, alcançamos as condições para desenvolver uma vida plena e autêntica, evitando assim as dependências que envenenam e arruinam a existência", apontou

Você pode gostar