Estado Islâmico deixa polícia inglesa antiterrorismo em alerta

Grupo extremista estaria planejando um ataque com bombas químicas no Reino Unido

Por O Dia

Londres (Inglaterra) - A polícia antiterrorismo do Reino Unido estaria em alerta máximo devido ao risco de o país sofrer ataque químico por parte de extremistas do grupo Estado Islâmico (EI). A informação foi publicada no ‘The Times’. O ataque poderia ser realizado com bombas de cloro, obtido facilmente em produtos de limpeza.

Segundo o jornal, atentado estaria sendo cogitado por militantes britânicos do EI que voltaram ao país após temporadas na Síria e no Iraque. “Quanto mais terroristas retornarem, a chance de um ataque de gás clorino aumenta. Deveríamos olhar com grande cuidado”, alertou o coronel Hamish de Bretton-Gordon, especialista em armamento químico.

Nos Estados Unidos, dois aviões tiveram que ser escoltados ontem por caças da Força Aérea americana até o aeroporto de Nova York, após ameaças de armas químicas a bordo. Não foram comprovadas evidências de materiais suspeitos.

A policia recebeu ligação anônima afirmando que havia armas químicas a bordo do voo 22 da Air France, que partiu de Paris. Dois jatos foram enviados para escoltar a aeronave, um Airbus A-330, que pousou em parte isolada do aeroporto pela manhã. Um outro voo, da Saudi Airlines, também pousou isoladamente e foi revistado. E um terceiro — da American Airlines — também teve alerta emitido, mas não confirmado.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência