Monge fica ferido em templo, mas médico diz que tigre não é culpado

'Templo dos Tigres', na Tailândia, foi palco de um incidente quando homem escorregou e assustou animal

Por O Dia

Tailândia - O "Templo dos Tigres", nas proximidades de Bangcok, na Tailândia, é famoso por atrair turistas do mundo inteiro para visitação de cerca de 150 animais que vivem junto com monges em perfeita harmonia. Um dos abades — monge superior — do local foi ferido por um tigre dentro do templo na última sexta-feira, segundo o "Bangcok Post". Luangta Chan, de 64 anos, afirmou que criou o animal desde filhote e que ele não teve intenção de feri-lo.

Monge Luangta Chan escorregou e acabou assustando tigre na Tailândia Reprodução Internet

Após exames, o médico confirmou a declaração do monge, dizendo que para um tigre foram "apenas arranhões" e seus ferimentos maiores resultaram de sua queda, divulgou a publicação nesta terça-feira.

O monge contou ao diretor do hospital Thanakarn, onde permanece internado, que passeava com o tigre de bengala, Hem Fa, de 7 ou 8 anos, quando escorregou e caiu no chão, o que fez com que a coleira com a qual conduzia o animal fosse puxada.

O movimento brusco assustou o felino, fazendo com que o atacasse. Ele ficou ferido no rosto e ombro.

A equipe médica que cuida do monge afirmou que ele sofre de doenças do coração e diabetes, sendo necessário observar seu quadro de perto.

O famoso, mas controverso "Templo dos Tigres" ou templo "Wat Pa Luangtabua", tem permissão para cuidar dos animais mesmo que possuir espécies em risco de extinção na Tailândia seja crime.

Monge budista brinca com tigre de bengala no 'Templo dos Tigres'%2C na TailândiaReuters


Últimas de _legado_Mundo e Ciência