Por bferreira

EUA - A modelo norte-americana Lauren Wasser, 26 anos, quase morreu após contrair uma doença rara chamada Síndrome do Choque Elétrico (TSS, na sigla em inglês). Segundo especialistas, o mal pode ter sido causado por bactérias em materiais sintéticos de absorventes higiênicos. Ela chegou a perder parte da perna esquerda.

A jovem, que fazia aulas de teatro e praticava esportes, descobriu a doença em outubro de 2012, depois de passar mal na festa de um amigo. Naquele dia, Lauren havia utilizado três absorventes da marca Kotex Natural Balance. Ao ser levada ao hospital no dia seguinte, os médicos disseram que ela havia sofrido um ataque cardíaco.

Quando Lauren estava com os órgãos à beira da falência, um especialista desconfiou de que o mal teria sido causado pelos produtos. Ele enviou o material a um laboratório, que detectou a presença da bactéria.

A modelo sobreviveu e, agora, processa a empresa Kimberly-Clark Corporation e a rede de farmácias onde ela comprou os absorventes. A jovem alega que a marca e o estabelecimento foram negligentes ao não informar os perigos possíveis que a mercadoria poderia trazer.

Lauren promove também campanhas pela retirada do mercado de produtos que podem ser fonte de bactérias. “Todos sabem que o cigarro pode matar. Quando você fuma, a escolha é sua. Se eu soubesse, jamais teria usado aqueles absorventes”, lamentou a jovem.

Você pode gostar