Autor do atentado na Maratona de Boston pede desculpa às vítimas

Dzhokhar Tsarnaev, de 21 anos, foi responsável pela explosão de duas bombas, deixando 3 mortos e cerca de 264 feridos

Por O Dia

EUA - Um juiz federal dos Estados Unidos condenou formalmente à pena de morte Dzhokhar Tsarnaev, nesta quarta-feira, em audiência em que o ex-estudante de 21 anos pediu desculpas às suas vítimas. Ele é um dos autores do duplo atentado ocorrido em 2013 na maratona de Boston, que matou três pessoas e deixou 264 feridas.

LEIA MAIS: Autor de atentado terrorista na maratona de Boston é condenado à morte

“Gostaria de pedir desculpa às vítimas e aos sobreviventes. Sou culpado”, disse o jovem, em sua primeira declaração pública desde os atentados em 2013. O atentado foi considerado o mais grave dos Estados Unidos desde os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Acusado de atentado em Boston confirma autoria de explosões e diz que vítimas são consequências de ações americanas nas guerras do Iraque e AfeganistãoDivulgação

Tsarnaev foi considerado culpado de 17 crimes, entre os quais, o uso de arma de destruição com a intenção de matar, assim como de assistir, planejar e executar a morte de quatro pessoas, três das quais mortas no atentado. A quarta morte foi a de um agente da polícia atingido por tiros dias depois do atentado, durante uma perseguição.

Dzhokhar Tsarnaev foi também acusado de provocar ferimentos em 264 pessoas, 17 das quais sofreram amputações graves. A defesa do jovem reconheceu que o seu cliente participou no atentado, mas que o mandante foi o seu irmão mais velho, Tamerlan, que foi morto durante a perseguição policial ocorrida dias depois.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência