Falha em montanha-russa deixa 80 pessoas presas de cabeça para baixo

Em junho houve 16 feridos - quatro em estado grave-, quando a montanha-russa Smiler colidiu com um transporte no parque

Por O Dia

Inglaterra - Houve mais um dia de drama no parque de diversões londrino Alton Towersem depois de mais de 80 pessoas ficarem presas de cabeça para baixo por cerca de 20 minutos em uma montanha russa no Alton Towers. As informações são do site britânico "Metro UK".

No mês passado, 16 pessoas ficaram feridas - quatro em estado grave -, quando a montanha-russa Smiler colidiu com um transporte vazio no parque. Um porta-voz da empresa disse que o problema estava "dentro dos níveis esperados" e o monotrilho iria reabrir nesta quinta-feira. Levou uma hora para que eles fossem retirados do brinquedo.

Turista fotografa montanha-russa que deixou 80 presos em parque da InglaterraReprodução Twitter

Um porta-voz disse para a BBC que "Os maquinistas mantiveram as pessoas informadas através do sistema de bordo e foram fornecidas bebidas para eles". As pessoas presas foram resgatadas "dentro dos procedimentos operacionais padrões", de acordo com os donos do parque. Ninguém ficou ferido.

Alguns dos presos no brinquedo twittou que estavam "encalhados" na montanha-russa. O parque havia dito anteriormente que iria impor procedimentos de segurança mais rigorosos na sequência do acidente de Smiler.

Duas mulheres, Vicky Balch, de 20 anos, e Leah Washington, de 17, tiveram as pernas amputadas em decorrência do acidente do dia 2 de junho.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência