Barco naufraga e Itália resgata 400 imigrantes

Testemunhas afirmam que embarcação levava 700 pessoas

Por O Dia

Roma - Um barco com centenas de imigrantes virou nesta quarta-feira na costa da Líbia, informou a Guarda Costeira italiana, que está ajudando nas operações de resgate, que já retiraram do mar 25 corpos. De acordo com fontes locais, a embarcação tombou quando os passageiros perceberam que um barco das autoridades marítimas estava se aproximando. Cerca de 400 pessoas já teriam sido resgatadas.

No entanto, ainda não há um cálculo exato para o número de passageiros. Testemunhas estimam que de 400 a 700 pessoas poderiam estar a bordo da embarcação no momento do naufrágio. Mais de dois mil imigrantes morreram desde o início do ano na travessia do Mar Mediterrâneo, informou ontem a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

No mesmo período do ano passado, 1.607 pessoas faleceram, contra os 3.279 registrados em todo o ano de 2014. A maior parte das vítimas faleceu ao tentar cruzar o Canal da Sicília, que liga a Itália à Líbia e é considerada uma das principais portas de entrada para a Europa.

Há anos, a Itália, principalmente a ilha de Lampedusa, no sul do país, sofre com naufrágios de embarcações ilegais que tentam alcançar o território europeu. Em 2013, um acidente provocou a morte de mais de 360 pessoas e se tornou uma das principais tragédias locais.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência