Estado Islâmico mata 37 insurgentes rivais na Síria

Mais 20 militantes continuam desaparecidos

Por O Dia

Síria - Combatentes do Estado Islâmico mataram pelo menos 37 insurgentes rivais em um ataque durante a noite na província síria de Aleppo e 20 militantes continuam desaparecidos, disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos neste domingo.

O chefe do Observatório, Rami Abdulrahman, disse que no fim do sábado um homem-bomba do grupo radical explodiu a si mesmo em um posto militar controlado por insurgentes rivais na aldeia de Umm Housh. Combatentes do Estado Islâmico, então, tomaram a aldeia, depois de intensos confrontos com os grupos rivais.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência