Pombo entregaria maconha e cocaína em penitenciária da Costa Rica

Pássaro levava as drogas em saco preto. Animal foi treinado para entregar a dosagem para um grupo de presos

Por O Dia

Costa Rica - A polícia do centro penitenciário La Reforma, na Costa Rica, capturou uma pomba que trazia 14 gramas de maconha e cocaína para dentro do presídio nesta quarta-feira (12). As informações são do site "La Voz". O pássaro de cor preta, que levava consigo um saco da mesma cor preenchido com drogas, supostamente foi treinado para entrar no local e entregar a dosagem para alguns dos detentos, disseram as autoridades.

Pombo foi interceptado antes de entregar as drogas em penitenciária da Costa RicaReprodução Twitter

O diretor do presídio, Paul Bertozzi, disse à agência Efe que ficará mais atento para evitar a entrada de drogas na prisão. "Isso não é novidade. No passado usaram gatos e cães para passar droga de uma prisão para outra. Agora parece que são os pombos os encarregados dessa entrega", afirmou.

Ele acrescentou que sua maior preocupação é impedir que o vício dos detentos continue sendo alimentado e que trabalhará com mais cuidado para impedir esse tipo de entrega. De acordo com Bertozzi, as autoridades já suspeitam de quem pode ter enviado a ave para a entrega, mas deve prosseguir com as investigações.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência