Fidel Castro diz que Estados Unidos devem indenizações milionárias a Cuba

Ex-presidente divulgou um artigo nesta quinta-feira, data do seu 89º aniversário

Por O Dia

Havana - O ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, afirmou que os Estados Unidos devem a Cuba indenizações milionárias pelos danos que a política norte-americana causou contra a ilha. Ele fez esta declaração por meio de um artigo publicado nesta quinta-feira, no dia de seu 89º aniversário e às vésperas da visita do secretário de Estado, John Kerry, a Havana.

Fidel Castro divulgou artigo nesta quinta-feira, data do seu 89º aniversárioEfe

"[Os Estados Unidos] devem a Cuba indenizações equivalentes a danos, que chegam a vários milhões de dólares. Eles denunciaram nosso país com argumentos e dados irrefutáveis ao longo de suas intervenções nas Nações Unidas", escreveu o líder da Revolução cubana, em artigo divulgado pela imprensa oficial cubana.

No texto, intitulado "A realidade e os sonhos", Fidel Castro afirma que Cuba não deixará nunca de "lutar pela paz e pelo bem-estar de todos os seres humanos, com independência da cor da pele e do país de origem de cada habitante do planeta". "A igualdade de todos os cidadãos em relação à saúde, à educação, ao trabalho, à alimentação, à segurança, à cultura, à ciência, e ao bem-estar, ou seja, aos mesmos direitos que proclamamos quando iniciamos nossa luta (...) É o que desejo a todos", acrescenta o ex-presidente de Cuba.

Fidel Castro, que em seu artigo não menciona expressamente a nova etapa de relações com Washington nem a visita de Kerry a Cuba, disse que, após a Segunda Guerra Mundial e o lançamento de sua bomba atômica contra o Japão, os EUA passaram a ser o país "de maior riqueza e de melhor armamento da Terra, frente a um mundo destroçado, repleto de mortos, feridos e famintos".

O líder cubano, afastado do poder desde 2006 por causa de uma doença, completa neste dia 13 de agosto 89 anos, um aniversário marcado nesta ocasião pelo novo cenário de relações entre Cuba e EUA, que no dia 20 de julho restabeleceram seus vínculos diplomáticos após mais de cinco décadas de inimizade.

O 89º aniversário de Fidel Castro será comemorado em Cuba com diversos atos culturais e homenagens, alguns dos quais já aconteceram na quarta-feira em coincidência, da mesma forma que em outros anos, com o Dia Internacional da Juventude.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência