Ameaça de bomba força isolamento da escola de negócios de Stanford

Mensagem dizia que 700 professores e funcionários foram afetados, mas que não havia aulas naquele momento

Por gabriela.mattos

Estados Unidos - Uma ameaça de bomba levou ao esvaziamento da Escola de Negócios da Universidade de Stanford nesta sexta-feira, afirmou a instituição localizada na região da Baía de San Francisco, nos Estados Unidos.

A suspeita foi denunciada pela escola em uma notificação de emergência por volta das 11h (horário local). A mensagem dizia que cerca de 700 professores e funcionários no complexo do Centro Knight de Gestão foram afetados, mas que não havia aulas naquele momento.

A natureza e a origem da ameaça não estavam imediatamente claras. A escola afirmou que a polícia irá varrer o campus em busca de qualquer sinal de explosivos durante um período de 90 minutos a duas horas. Várias estradas da região foram fechadas, embora o resto da universidade não tenha sido afetada, disse a instituição de ensino. Stanford afirmou que a decisão de retirar as pessoas do local foi tomada "por excesso de cautela".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia