Número de mortos em explosões na China sobe para 104

As duas grandes explosões atingiram a região industrial no porto de Tianjin, no nordeste da China

Por O Dia

TIANJIN  - O número de mortos devido a duas grandes explosões que atingiram uma região industrial no porto de Tianjin, no nordeste da China, subiu neste sábado para 104, informou a imprensa estatal, e o presidente do país pediu melhora nas condições de segurança do trabalho.

Xi Jinping disse que as autoridades devem aprender as lições após as explosões de quarta-feira, de acordo com a notícia de notícias estatal Xinhua. O número anterior de mortos estava em 85.

De acordo com a imprensa estatal, a China evacuou moradores que se refugiaram em uma escola perto do local das explosões, depois que uma mudança na direção do vento provocou preocupações com o destino das partículas químicas emitidas.

As informações oficiais não deixam claro como essas pessoas foram retiradas da região. A ordem foi dada depois que um incêndio voltou a atingir o local das explosões, um armazém especialmente desenhado para abrigar perigosos materiais químicos, de acordo com a Xinhua.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência