Nintendo demite funcionário por participar de podcast

Após a demissão, o ex-editor de localização assumiu a culpa

Por O Dia

Estados Unidos - O editor de localização da Nintendo, Cris Pranger, foi demitido por ter participado de um podcast sobre games e ter falado determinadas coisas sobre a empresa. Na gravação, ele falou que os funcionários jogam todos os consoles nos escritórios, que o jogo Xenoblade Chronicles deu prejuízo e confirmou que alguns títulos não são levados para o ocidente por serem jogos de nicho que geralmente só têm público no Japão. 

Pranger, que trabalhava na área de localização de jogos, disse que sentia que a Nintendo era sua casa e que literalmente vestia a camisa da empresa.  Após a demissão, o ex-funcionário fez uma declaração em seu Facebook assumindo a culpa e dizendo que ele nunca terá um trabalho tão bom na vida quanto teve na Nintendo. 


Últimas de _legado_Mundo e Ciência