Morte de homem negro pela polícia provoca novos protestos nos EUA

Chefe da polícia disse que o incidente ocorreu após agentes terem tentado executar um mandado de busca em bairro

Por O Dia

Estados Unidos - A polícia matou a tiros um homem negro em St. Louis nesta quarta-feira, em um episódio que gerou protestos 10 dias após manifestantes terem relembrado o aniversário do tiroteio que deixou um adolescente desarmado morto em Ferguson, cidade bem próxima.

Morte de homem negro pela polícia provoca novos protestos em St. LouisReuters

O chefe da polícia de St. Louis, Sam Dotson, disse que o incidente aconteceu após policiais terem tentado executar um mandado de busca em um bairro com altos níveis de violência, quando dois jovens negros fugiram pela porta dos fundos da casa.

Policiais confrontaram os suspeitos no beco atrás da residência e um suspeito apontou uma arma para os agentes, que então dispararam aproximadamente quatro vezes, matando o homem, disse Dotson.

Apesar da explicação oficial dos eventos, dezenas de pessoas se reuniram perto do local para criticar o uso de força letal pelos policiais, de acordo com a imprensa.

Policiais com equipamentos de forças especiais e um veículo blindado pediram para que a multidão se dispersasse, e algumas pessoas foram levadas sob custódia, de acordo com reportagem do jornal St. Louis Post-Dispatch.

Dotson disse a jornalistas que a arma que o suspeito apontou era provavelmente roubada. Ele afirmou que policiais também apreenderam drogas no local.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência