Chile construirá maior usina de energia solar do mundo

Batizado de 'Copiapó Solar', projeto receberá investimento de US$ 2 bilhões

Por O Dia

Santiago - O governo chileno concedeu, nesta quinta-feira, a autorização ambiental para a construção da maior usina de energia solar do mundo, no Atacama. A nova usina fornecerá 260 megawatts ao Sistema Interconectado Central. A Solar Reserve, empresa a cargo do projeto, escolheu uma das regiões mais áridas do planeta e rica em minerais para a usina que começaria a operar em 2019.

O projeto receberá um investimento de US$ 2 bilhões e foi batizado de Copiapó Solar. Ele inclui tecnologia de ponta, com torres de concentração equipadas com armazenamento térmico que funciona com a energia do sal fundida, em conjunto com painéis solares fotovoltaicos, em um sistema híbrido que permite funcionar de maneira contínua dia e noite.

"Nenhuma outra tecnologia comprovada de energia renovável é capaz de fornecer este tipo de solução com este custo", garantiu Kevin Smith, gerente geral da Solar Reserve.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência