Conheça o coletor menstrual que permite sexo sem vazamento

Colocado no fundo do saco vaginal, o Softcup não compromete a penetração e nem causa desconforto à mulher

Por O Dia

São Paulo - Lançamento no Brasil, o Softcup é o único coletor descartável que permite que as mulheres façam sexo sem vazamento durante o período menstrual. O coletor não absorve o fluxo, ele apenas armazena, e por isso deve ser descartado após o uso. A grande vantagem do produto que acaba de chegar ao mercado nacional - mas que está em uso nos Estados Unidos desde 1996 – é que ele deve ser posicionado acima do canal vaginal, no fundo do saco vaginal, e por isso não causa nenhum empecilho para a penetração. Durante a relação, o parceiro não percebe que mulher está menstruada.

Feito de um material fino e flexível (elastómeros e óleo mineral), o coletor menstrual pode ser usado por até 12 horas seguidas e não precisa ser retirado para urinar, nadar ou praticar atividades físicas. Como o produto coleta o sangue imediatamente na saída do útero, o fluído não tem contato com o ar e por isso não apresenta odor. O formato do Softcup é muito parecido com o do anel vaginal contraceptivo e o do diafragma. E diferentemente de outros coletores reutilizáveis, ele tem um tamanho único que se adapta a todas as mulheres.

Como usar

A melhor posição para introduzi-lo na vagina é sentada ou de cócoras. É preciso pressionar o aro flexível ao meio, formando o número oito, e inseri-lo empurrando para baixo no canal vaginal, que tem em média de 6 a 12 centímetros. Portanto, o temor de o coletor menstrual se perder no organismo é infundado.

Veja a posição do novo coletor Softcup na vagina%2C "abraçado" ao colo do úteroDivulgação

A garantia de que o Softcup está colocado na posição adequada, ou seja, “abraçado" ao colo do útero, é quando a mulher não o estiver sentindo dentro de si. Para retirá-lo, basta colocar o dedo na vagina e puxar o aro do coletor. A recomendação é que ele seja retirado com cuidado e de preferência durante o banho ou no vaso sanitário para evitar vazamento. O produto então deve ser descartado e um novo pode ser inserido em seguida.

Como o fluxo menstrual de uma mulher comum é de cerca de 30 ml por ciclo, a quantidade diária eliminada é muito inferior à capacidade de armazenamento do coletor.

A marca Prudence, comercializadora do Softcup, recomenda que mulheres virgens, usuárias de DIU, que acabaram de dar à luz, que sofreram aborto, que passaram por algum tipo de cirurgia ginecológica recentemente, que já sofreram com a Síndrome do Choque Tóxico ou têm útero inclinado (como o retrovertido) consultem um ginecologista antes de usar o produto.

O coletor menstrual Softcup é vendido em caixa com quatro unidades e o preço médio é de R$ 27. Para saber onde encontrá-lo, acesse o site do produto.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência